O momento de comprar um imóvel próprio é repleto de desafios que, muitas vezes, precisam ser administrados e trabalhados em conjunto pelos compradores - um fato que pode causar uma sobrecarga nesse momento importante de tomada de decisão.

Isso porque, grande parte dos moradores, sobretudo os que não são investidores, normalmente não possui o valor completo para pagar os imóveis à vista e contam com o financiamento imobiliário para realizar este sonho.

Porém, a concretização da compra pode ir por água abaixo caso o morador encontre o imóvel ideal, mas tenha o financiamento imobiliário negado.

Além de gerar muita frustração, este fato costuma desencorajar e fazer muitas pessoas acreditarem que a compra da casa própria é algo muito distante para a realidade delas.

Mas não é bem assim!

Hoje nós vamos eliminar de vez esse equívoco e ensinar como se preparar para comprar um imóvel começando pelo passo mais importante: ter o financiamento imobiliário aprovado.

Separa a agenda e anota todas essas dicas importantes, pois elas vão fazer muita diferença no seu planejamento!

3 passos fundamentais para ter um financiamento imobiliário aprovado

1. Melhore o status do seu CPF no Serasa

Algo que com certeza você sabe é que, tanto para fazer um financiamento quanto para ter crédito aprovado, é necessário estar sem dívidas no CPF, ou seja, estar com o nome limpo.

Mesmo para as pessoas que mantêm as contas sempre em dia, é fundamental realizar o cadastro no Serasa a fim de acompanhar se há dívidas que você desconhece.

Muitas vezes, as pessoas são surpreendidas por dívidas relacionadas a serviços que não usam mais, mas que por um descuido, acumulam juros ou cobranças que passaram batidas e podem comprometer o histórico do CPF. 

Por isso, mantenha-se atualizado. Ao saber da dívida, você tem tempo de pagá-la e trabalhar o CPF antes de realizar um pedido de financiamento.

2. Reduza os parcelamentos no cartão

Este é um critério não tão popular, mas que faz toda diferença na hora de passar por uma análise em busca de aprovação de financiamento.

Recomenda-se que os moradores não façam dívidas no cartão ou reduzam os parcelamentos o máximo possível.

Na análise de crédito, o banco vai considerar as dívidas ativas e comparar com as movimentações financeiras a fim de entender a capacidade de pagamento.

Em alguns casos, pode ser indicado não realizar o financiamento de veículos antes de ter o financiamento da casa aprovado. Esta orientação não serve para todo mundo e adiante falo mais sobre isso.

3. Trabalhe o relacionamento com o banco

Um dos fatores mais importantes para ter o financiamento aprovado é movimentar a conta corrente no banco em que você deseja realizar o financiamento.

Esse é um dos critérios que vai fazer o banco entender as entradas de dinheiro que aquela pessoa possui, principalmente se os valores são diferentes daqueles registrados em carteira, por exemplo.

A movimentação da conta corrente também é uma maneira de trabalhadores autônomos comprovarem renda e tudo isso contribuiu para conquistar a aprovação.

Além disso, é pela movimentação da conta corrente que o banco vai analisar mesmo com outras dívidas, como o financiamento de um carro, por exemplo, se você ainda possui condição de assumir as parcelas do financiamento - e em muitos casos, o resultado é positivo.

Dica: se você deseja realizar o financiamento em um banco diferente do que utiliza atualmente, é importante que você faça a abertura de conta, realize a portabilidade do salário e passe a fazer as movimentações todas na conta do banco que você tem pretensão de obter um financiamento.

Esta será a principal maneira de mostrar para o banco nos meses seguintes que você tem condição de fazer esse financiamento.

Simulação, aprovação de financiamento e condições de pagamento

Muitas pessoas acabam confundindo simulação com aprovação de crédito. 

Isso ocorre porque, na simulação, é possível ver alguns detalhes das condições de financiamento, do valor das parcelas, da duração do financiamento e do valor de entrada.

Mas fazer uma simulação não é ser aprovado!

A aprovação do financiamento só é realizada diante da análise dos critérios citados acima.

Outro detalhe importante é que todos os bancos mais populares que oferecem financiamento imobiliário possuem uma área no site onde os clientes podem simular online e obter quase que imediatamente informações sobre as condições de financiamento.

Tal possibilidade é muito eficiente para dar uma noção ao morador, no entanto, nem sempre o resultado mostrado é satisfatório ou dentro das condições esperadas por quem está simulando.

Por este motivo, nada é melhor do que procurar o banco, o gerente ou o correspondente da instituição para que ele possa auxiliar a encontrar as condições de financiamento imobiliário que cabem no bolso e no planejamento do cliente.

Tabela Price e tabela SAC

Um dos quesitos que podem mudar bastante as condições de pagamento é a escolha da tabela que será utilizada no financiamento - um fato que a maioria das pessoas desconhece.

Por vezes, na simulação online, o próprio sistema pode direcionar para a Price ou SAC - e o resultado das duas pode ser bem diferente!

Enquanto a SAC consiste num formato em que a parcela de entrada é igual às demais parcelas até o fim do financiamento, na tabela Price a parcela de entrada costuma ser mais alta e o valor das parcelas vai diminuindo com o passar do tempo.

E nestes casos é preciso considerar as seguintes informações:

  • Muitas pessoas querem a parcela de financiamento o mais próximo possível do valor do aluguel, sendo que a tabela SAC é o ideal nesses casos.
  • Na tabela SAC o valor da parcela inicial é o mesmo valor da última parcela do financiamento, e não há alterações neste intervalo.
  • Quem pode arcar com parcelas mais altas no início do financiamento, pode contar com a Price como uma opção para pagar o financiamento em menos tempo.

A SAC oferece a possibilidade de financiar em até 35 anos, enquanto na Price o limite é de 30 anos - um dos motivos que influencia no valor da parcela.

Uso do saldo FGTS

Outra informação importante é quanto ao uso do saldo FGTS, que pode ser utilizado para quitar parte da dívida das seguintes maneiras:

  • Auxiliando a compor o valor total ou parcial de entrada da casa
  • Para quitar o valor total do imóvel
  • Para abater mensalmente no valor das parcelas

A última opção deve ser solicitada e renovada a cada dois anos junto à Caixa, sendo ideal para pessoas que têm CLT. Isso porque o abate mensal é feito diretamente no valor recolhido mensalmente pela empresa empregadora, ou seja, trata-se de um dinheiro que ficaria parado.

Meu financiamento foi recusado: o que eu faço?

Primeiro, saiba que existe esperança depois do não!

É importante analisar os motivos que levaram o banco a recusar o financiamento, mas no geral, pode ser uma soma dos fatores citados ao longo deste artigo.

Por este motivo, é importante lembrar: o financiamento e o investimento em uma casa própria são uma realização em longo prazo, que trará frutos positivos durante toda a vida.

Mesmo que o financiamento não seja aprovado naquele momento, é possível e necessário que a pessoa, junto ao correspondente bancário ou não, comece a trabalhar na melhora do histórico de movimentações, na regularização do CPF e nos demais critérios que influenciam nessa hora.

Seis meses ou um ano pode ser o tempo necessário para que a pessoa regularize uma dívida, se organize e construa uma reputação mais positiva e confiável do ponto de vista financeiro que as instituições esperam.

Além disso, é importante saber que o Banco Central possui um delay nas atualizações de cerca de dois meses, ou seja, mesmo após pagar ou regularizar possíveis dívidas, pode levar pelo menos 60 dias até que ela seja atualizada no sistema do Banco Central.

Por fim, recomendamos a todas as pessoas que desejam comprar um imóvel próprio que, primeiramente, busquem a aprovação do financiamento antes de iniciar a procura pelo imóvel.

Isso pode evitar frustrações antes de hora e auxiliar o morador a correr atrás das regularizações que ele necessita para obter um financiamento.

A Incorpore possui uma correspondente bancária designada para auxiliar os futuros moradores do residencial Villagio Cerquilho a conquistarem a aprovação de crédito.

Converse agora no WhatsApp com um dos profissionais da Incorpore e saiba como nós podemos te ajudar a comprar sua próxima casa em Cerquilho!

Postado 
27/8/21
 em 
Compra e venda

More from 

Compra e venda

 category

Ver todos

Assine nosso portal e receba no seu e-mail as últimas postagens.

Leia nossa política de Privacidade Privacy Policy
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.