Entre o final de 2019 e o início de 2022 o mundo enfrentou o que é tida por muitos especialistas como uma das piores pandemias da história: a pandemia de Covid-19.

Essa doença respiratória surgiu através de uma onda de contágio do novo coronavírus, um agressor letal, de origem incerta e que pode matar na mesma proporção que deixa sequelas corporais e psicológicas nas pessoas.

Para tentar enfrentar esse mal, freando a sua disseminação, governos do mundo inteiro implementaram, dentre outras medidas, o chamado isolamento social.

A medida extrema obrigou com√©rcios, escolas, faculdades, √≥rg√£os p√ļblicos, locais de entretenimento, igrejas e muitos outros locais de conv√≠vio social a fecharem as suas portas em nome da interrup√ß√£o da transmiss√£o do temido coronav√≠rus.

Os impactos econ√īmicos, educacionais, culturais e at√© espirituais pelo afastamento de locais necess√°rios a certas pr√°ticas j√° s√£o bem conhecidos de todos.

Por√©m, o simples fato de ter que ficar em casa em isolamento tamb√©m trouxe ineg√°veis li√ß√Ķes e aprendizados para toda a humanidade, mesmo que a maioria das pessoas n√£o se d√™ conta disso.

Neste artigo vamos repercutir os ensinamentos que o isolamento social trouxe a todos aqueles que passaram por ele. Vale a pena continuar lendo! 

Uma mudança de paradigmas

A primeira e mais importante lição que o ato de ficar em casa ensinou para as pessoas foi que nem sempre sair de casa é o ápice da felicidade e realização.

Se antes muitas pessoas afirmavam que tinham nos seus lares um local de paz e aconchego, ou ainda que o melhor momento do dia era a hora de voltar para casa, com o isolamento isso se consolidou.

N√£o poder sair de casa, tendo naquele ambiente t√£o comum o seu √ļnico ref√ļgio, mostrou que h√° vida fora dos ‚Äúsumi√ßos‚ÄĚ no fim de semana ou de uma viagem cara, por exemplo.

O que d√° para tirar de li√ß√£o do ‚Äúfique em casa‚ÄĚ?

Para sintetizar melhor as li√ß√Ķes que o isolamento social nos trouxe, preparamos 7 t√≥picos que na verdade s√£o alguns desses ensinamentos explicados mais a fundo.

Acompanhe com atenção!

1 - √Č poss√≠vel trabalhar em casa e ser produtivo

O home office agora é levado a sério.

Quando as medidas de combate à pandemia foram anunciadas na TV, muitas pessoas temeram por seus empregos e negócios.

Enquanto alguns com√©rcios e vagas de trabalho foram fechados para sempre, de forma tr√°gica, outros empregos sofreram o que os especialistas chamam de ‚Äúmudan√ßa for√ßada‚ÄĚ em seu modelo.

Por causa do impedimento de trabalhar de forma presencial, com o conv√≠vio entre os funcion√°rios, muitas empresas adotaram o modelo home office, ou ‚Äútrabalho em casa‚ÄĚ, em uma tradu√ß√£o livre.

Profissionais de escritório e das áreas de telemarketing, tecnologia e muitas outras, passaram a operar no conforto de suas casas.

Essa mudança abrupta acabou por mostrar que é possível trabalhar em casa e ser altamente produtivo, a depender do ramo de atuação.

E mais do que isso, o isolamento deixou claro tanto para empregadores quanto para empreendedores que trabalhar em casa pode ser até uma forma de economizar. 

2 - Ser disciplinado e organizado é uma necessidade

Como nem tudo são flores, o isolamento social deixou claro para alguns indivíduos os muitos males provenientes da indisciplina.

Muitas pessoas que antes da pandemia passavam o dia fora, passaram a sentir na pele os custos de esquecer uma l√Ęmpada acesa, uma torneira ligada, ou uma toalha molhada em cima da cama, por exemplo.

Para conseguir ficar 24h dentro de casa, muitos indivíduos tiveram que se disciplinar e se tornar pessoas mais organizadas e sistemáticas.

Inclusive, no que diz respeito ao trabalho remoto, abordado no t√≥pico anterior, sem uma disciplina ativa e persistente, o home office fica invi√°vel, por causa das muitas distra√ß√Ķes que existem em uma resid√™ncia.

Essa lição tornou muitas pessoas mais proativas e eficientes depois do período de isolamento.

3 - √Č poss√≠vel viver com menos

Antes do início da pandemia e do isolamento propriamente dito, muitas pessoas não tinham uma real noção sobre os custos de vida de uma família.

Com o isolamento e o contato mais explícito com a realidade, ficou claro que muitos gastos são completamente descartáveis e até desnecessários.

O custo real para se viver não é alto, mesmo que se trate de uma família numerosa vivendo em um mesmo lar.

O que aumenta esses valores s√£o gastos extras que podem ser deixados de lado em nome de uma melhor sa√ļde financeira da fam√≠lia.

4 - A sa√ļde mental √© t√£o importante quanto a sa√ļde f√≠sica

Muitas pessoas descobriram o verdadeiro sentido do que √© ter sa√ļde mental durante o isolamento.

Todo contexto pand√™mico foi extremamente nocivo √† sa√ļde mental das pessoas.

Mas o isolamento social, em especial, levou muitos a acreditar que o fato de n√£o poder sair de casa por si s√≥ estava afetando a sua sa√ļde f√≠sica.

Fato é que deve haver um equilíbrio e que permanecer em casa a todo tempo não é exatamente benéfico para a mente.

Contudo, o isolamento exp√īs problemas de ordem psicol√≥gica mais profundos em muitas pessoas que, a partir da√≠, entenderam a necessidade de cuidar da mente, al√©m do corpo tamb√©m.

N√£o h√° porque ter medo ou preconceito de fazer visitas peri√≥dicas a um psic√≥logo para sess√Ķes de terapia, por exemplo.

Sem uma mente saud√°vel, o corpo n√£o funciona como deveria.

5 - A família e os amigos são o bem mais precioso que temos

A parte mais triste do isolamento social foi, de longe, o afastamento entre as famílias e os amigos.

Com isso, uma das principais li√ß√Ķes que esse momento trouxe a todos foi a de valorizar mais essas pessoas queridas.

Sempre que a import√Ęncia desses seres indispens√°veis passar despercebida, √© necess√°rio lembrar dos momentos em que um abra√ßo de um amigo ou um jantar em fam√≠lia era tudo o que se queria.

O isolamento social mostrou que os verdadeiros amigos e a família são uma dádiva!

6 - A nossa casa é o melhor lugar do mundo

Antes da implementa√ß√£o das medidas de restri√ß√£o de circula√ß√£o por causa da pandemia, muitas pessoas negligenciavam a import√Ęncia do aconchego do lar.

Contudo, com o isolamento social impondo a casa como o √ļnico lugar de conviv√™ncia poss√≠vel, muitas pessoas passaram a ver aquele local antes tido como ‚Äúchato‚ÄĚ como sendo o melhor lugar do mundo.

Além disso, não teria como permanecer dentro de casa por tanto tempo sem observar os detalhes do imóvel, não é mesmo?

Por isso, a necessidade de fazer manuten√ß√Ķes peri√≥dicas no im√≥vel, na mob√≠lia, nos itens de decora√ß√£o e at√© mudan√ßas nas cores da casa, tamb√©m foi levantada.

7 - Ter uma casa própria é fundamental

Por fim, mas não menos importante, é válido dizer que o isolamento social trouxe a lição de que ter uma casa própria é imprescindível.

Por causa da crise econ√īmica que tamb√©m √© um resultado da pandemia, muitas pessoas perderam a sua renda, ficando impossibilitadas de pagar um aluguel e sendo despejadas em pleno per√≠odo de isolamento social.

Em outros casos, muitos indiv√≠duos se viram isolados em uma casa de dimens√Ķes min√ļsculas para a quantidade de integrantes da fam√≠lia em quest√£o.

Tudo isso demonstra que ter um imóvel de qualidade, próprio e adequado às necessidades da família, é essencial. 

Aprender é bom, mas a prática é o que faz a diferença

Nenhuma das li√ß√Ķes repassadas pelo isolamento social for√ßado pela pandemia ter√° efeito para a posteridade se n√£o for aplicada de fato.

O que se espera √© que as percep√ß√Ķes obtidas a partir do isolamento tornem-se pr√°ticas e conceitos usuais na vida de todos.

‚Äć

Postado 
6/4/22
 em 
Seu jeito

More from 

Seu jeito

 category

Ver todos

Assine nosso portal e receba no seu e-mail as √ļltimas postagens.

Leia nossa política de Privacidade Privacy Policy
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.